Grupos de risco

    Home / Grupos de risco
Grupos de risco

 

Os pacientes nos grupos de alto risco geralmente têm outras doenças agravadas pela infecção ou um sistema imunológico comprometido. Os maiores efeitos geralmente são vistos em pessoas com doenças não transmissíveis, tais como coração, doenças relacionadas pulmão e doenças respiratórias, como a asma.

Grupos de risco H1n1 É importante que o tratamento para estas pessoas seja iniciado precocemente, para que haja uma
maior chance de recuperação.


A Influenza apresenta sintomas intensos, incluindo febre, dor de garganta, tosse, nariz entupido, dor de cabeça, dores no corpo e cansaço intenso. Náuseas, vômitos e diarréia também podem ser experienciados.

As pessoas em alto risco de desenvolver complicações relacionadas com a gripe são:

  • Crianças com idade inferior a 5, mas especialmente crianças menores de 2 anos de idade;
  • Adultos de 65 anos de idade e mais velhos;
  • Mulheres grávidas;

As pessoas que têm outras condições médicas, incluindo:

  • Asma;
  • Condições neurológicas e condições de desenvolvimento neurológico, incluindo distúrbios no cérebro, medula espinhal, nervos periféricos e músculos, como paralisia cerebral, epilepsia (distúrbios convulsivos), acidente vascular cerebral, deficiência intelectual (retardo mental), distrofia muscular ou lesão da medula espinal;
  • Doença pulmonar crônica, como por exemplo a doença pulmonar obstrutiva crônica [DPOC] e fibrose cística;
  • Doenças cardiacas, por exemplo, doença cardíaca congênita, insuficiência cardíaca congestiva e doença arterial coronariana;
  • Doenças do sangue, tal como a doença falciforme|;
  • Doenças endócrinas, tais como diabetes mellitus;
  • Doenças Renais;
  • Doenças do Fígado;
  • Distúrbios metabólicos, tais como doenças metabólicas hereditárias e doenças mitocondriais.
  • Sistema imunológico enfraquecido devido a doença ou medicamentos como pessoas com HIV/ AIDS ou câncer, ou mesmo esteróides crônicas;
  • Pessoas com menos de 19 anos de idade que estão recebendo terapia com aspirina a longo prazo;
  • Pessoas com Doença Pulmão.